sábado, 9 de janeiro de 2010

OAB mantém posição por impeachment de Arruda e cassação de deputados




O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Cezar Britto, afirmou  ontem (08) que a OAB manterá a luta em prol do impeachment do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, de secretários e deputados distritais supostamente envolvidos no esquema de propina apurado em inquérito que tramita no Superior Tribunal de Justiça (STJ). "A Ordem mantém sua posição vigilante, exigindo ética na política, e não recuará um milímetro em sua posição de cobrar o impeachment do governador Arruda e dos demais envolvidos no escândalo", afirmou Britto durante entrevista na sede do Conselho Federal da OAB.
Britto disse que a posição da OAB favorável à cassação de Arruda e dos envolvidos no chamado Mensalão do DEM será reafirmada à Câmara Legislativa do Distrito Federal, onde tramita o processo de impeachment, durante sua reabertura no próximo dia 11. Com a mesma ênfase, ele afirmou que a entidade se posiciona também contrária à volta ao cargo do presidente afastado da Câmara Legislativa, deputado Leonardo Prudente. "Sua volta ofenderia a consciência cívica da sociedade brasileira", sustentou, referindo-se ao parlamentar que aparece nos vídeos escondendo nas meias a propina que recebe das mãos do ex-secretário de Arruda, Durval Barbosa, e fazendo a chamada "oração da propina" juntamente com o ex-secretário e o deputado Junior Brunelli.
Fonte: OAB

2 comentários:

Manoel José de Santana(Manoel Limoeiro) disse...

Obrigado pelo o comentário. Estou ti fazendo uma visita ao teu Blog. Um abraço de: Manoel Limoeiro de Recife-PE.

SergioChristino disse...

obrigado tambémpela visita e pelo comentário